Intérpretes em Crise [2013] questiona o lugar do intérprete na contemporaneidade, problematiza a formação do Intérprete Incrível e chora as condições dadas para a criação e difusão de um espetáculo de dança contemporânea.

O trabalho passeia pela nossa memória de dança resgatando e projetando tempos que vivemos ou gostaríamos de ter vivido para falar dessa crise do fazer da dança, dessa vontade louca de dançar, do amor à dança e também de outros clichês.

Intérprete que quer ser intérprete, que faz 3 aulas por dia, que toma redbull e relaxante muscular, que dança numa grande companhia, que não come glúten, que pinta o cabelo de acaju, que tem espetáculo agendado até 2015, que isso é tudo que sempre quis, que se sente cansado a maior parte do tempo, que não vai operar o joelho, que engordou, emagreceu, engordou, emagreceu e começou a fumar, que não é um jovem coreógrafo, que adora camarim, cheiro de mofo e naftalina, que não escreve projetos nem trabalha com produção, que leu Dançar a Vida de Roger Garaudy, que dança de meia no linóleo, que gosta de romance, cinema e de drink no dancing.

Dançar dói.

Direção e Concepção: Clarice Lima Criação e Performance: Clarice Lima e Aline Bonamin Figurino: Clarice Lima e Aline Bonamin Criação de Luz: Clara Rubim e Clarice Lima Colaboração: Cristian Duarte, Carolina Mendonça e Tarina Quelho Fotos: Patrícia Araujo Produção e Realização: Clarice Lima & Gente Fina, Elegante e Sincera Coprodução: Lote Apoio: Casa do Povo e Lema Apoio Tênis: Onitsuka Tiger Duração: 40min Classificação: Livre Agradecimentos: Renan Costa Lima, Cristian Duarte e Lote#, Benjamin Seroussi e Casa do Povo, Carol Mendonça, Tarina Quelho, Júlia Rocha, Patrícia Araujo, Isadora Gallas, Rosana Mara e MTD 2007.

Apresentações: SESC Pinheiros SP, Festival Conexão Dança São Luís MA, SESC Palladium BH 2014, Itaú Cultural, Junta Festival Teresina PI, Festival Maloca Dragão Fortaleza CE, SESC Belenzinho SP, Bienal Internacional de Dança do Ceará CE, Festival Panoramato MT 2015 eSemanas de Dança Teresina PI, SESC Ribeirão Preto SP, Mirante da Dança Botucatu SP 2016

Prêmio: Klauss Vianna de Dança, categoria Circulação FUNARTE 2014

video

N/A fotos Patrícia Araujo N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A